Carregando...
23%
OFF
  • SYNVISC-ONE C/ 1 SER C/ 6ML DE SOL INTRA ART
  • SYNVISC-ONE C/ 1 SER C/ 6ML DE SOL INTRA ART

    CÓD.: 10580

    Este produto precisa ser refrigerado

    • Conservação:

      2°C a 30°C

    • Conteúdo:

      1 seringa

    • Princípio Ativo:

      Hilano G-F 20

    • Laboratório:

      SANOFI

    • Uso:

      Via intra-articular

    De: R$2.460,00
    Por: R$1.899,00
    Pagamento à vista no Boleto e PIX
    ou em até 6x de R$316,50 no cartão sem juros.
    Formas de Pagamento

    Cartão de Crédito

    Depósito em Conta

    Boleto Bancário

    Formas de pagamento
    Receita Médica:
    CALCULE
    O FRETE

    INDICAÇÃO

    Synvisc-One (hilano G-F 20) é indicado para o tratamento da dor associada a osteoartrite (OA) do joelho em pacientes que falharam em responder adequadamente a terapia conservadora não-farmacológica e analgésicos simples (exemplo: acetominofeno).

    PRINCÍPIO ATIVO

    Hilano G-F 20.

    ARMAZENAMENTO

    Conservar entre +2°C e +30°C. Não congelar.

    CONTRAINDICAÇÃO

    Synvisc-One (hilano G-F 20) não deve ser injetado na articulação se existir uma estase venosa ou linfática no joelho.
    Synvisc-One (hilano G-F 20) não deve ser utilizado em joelhos infectados ou gravemente inflamados, ou em doentes com doenças de pele ou infecções na área do local da injeção.

    REAÇÕES ADVERSAS E EFEITOS COLATERAIS

    Eventos adversos que envolvem o joelho onde foi feita a injeção
    Após a injeção intraarticular com hilano G-F 20 pode ocorrer dor transitória e/ou edema e/ou derrame no joelho onde foi feita a injeção. A experiência de pós-comercialização com Synvisc evidenciou que, em alguns casos, o derrame pode ser extenso e causar uma dor acentuada; é importante aspirar e analisar o fluído de modo a excluir uma infecção ou artropatias cristalinas. De um modo geral, estas reações diminuem em poucos dias. Após estas reações, os benefícios clínicos do tratamento podem ainda ser evidentes. Não ocorreram infecções intra-articulares em quaisquer dos estudos clínicos Synvisc/Synvisc-One e apenas foram raramente referidas durante a utilização clínica do Synvisc.
    A experiência de pós-comercialização evidenciou que os seguintes eventos sistêmicos podem ocorrer raramente com a administração de Synvisc; erupções cutâneas, urticária, prurido, febre, náuseas, cefaléias, tonturas, arrepios, cãibras musculares, parestesia, edema periférico, malestar, dificuldades respiratórias, rubor e edema facial.
    No ensaio clínico controlado com Synvisc-One (hilano G-F 20), a freqüência e os tipos de acontecimentos adversos foram semelhantes entre o grupo de doentes que recebeu Synvisc-One (hilano G-F 20) e o grupo que recebeu placebo.
    Na ocorrência de efeitos adversos relacionados ao produto comunicar a ANVISA, através do Sistema Nacional de Notificações para a Vigilância Sanitária - NOTIVISA.

    Últimos Vistos